Quem disse que a fita cassete morreu? Ela continua viva e em crescimento, segundo mostra o relatório da British Phonographic Industry divulgado no início de janeiro. De acordo com o órgão, as vendas de fitas cassete aumentaram 94,7% nos últimos 12 meses no Reino Unido, com 156.542 unidades vendidas, representando o maior volume comercializado desde 2003.

Esse dado é reflexo dos diversos lançamentos de nomes grandes da indústria musical que ocorreram nos últimos dois anos, dando novo impulso ao formato. Esse foi o maior percentual alcançado pelas fitas cassete nos últimos 17 anos, segundo o BPI.

A fita cassete mais vendida do Reino Unido em 2020 foi de Chromatica, de Lady Gaga – 14.000 cópias neste formato. Entre os representantes do rock clássico, Ozzy Osbourne, com Ordinary Man, foi quem obteve o melhor resultado, chegando à 17ª posição nas vendas de K7.

Deixe seu comentário

18 + dezessete =

pt_BRPT_BR