A autoria da mesma é da tatuadora Deborah Soares.

Há aqueles que acham, que é fácil a vida do tatuador.
Mas o que eles não sabem, que ela é feita de dor.

Todo dia a gente acorda, com a costumeira empolgação.
Logo não demora vir a frustração.

Começa então, a arrumar todo o seu material.
Com já o costumeiro zelo pessoal.

A cada momento que passa, fica mais empolgado:
“Hoje, muitos serão tatuados.”

O dia começa: dois nomezinhos!
“um nas costas, outro no pezinho.”

– Mais um procedimento – noto com a caneta.
Mais um nome de ex-marido, ai virar borboleta!

O cliente, um pouco fraco, começa a pular!
O tatuador paciente, tem vontade de estrangular!

Três estrelinhas!!!
Mas quanta emoção!!!
O tatuador pensa: “Mas que falta de imaginação.”

Todo tatuador sabe dura realidade:
Poucos clientes tem alguma criatividade.

Já no fim da tarde, mais uma decepção:
Três letrinhas japonesas, perto do coração.

A tattoo sonhada demora a vir, mas, quase no fechamento, tatuador volta a sorrir!

Um belo desenho, todo oriental.
O tatuador então mostra todo o seu potencial.

Ele olha com orgulho o resultado final.
E sabe que seu trabalho, valeu, afinal!

O trabalho é duro, e pode até cansar, mas todo tatuador sabe, que sua vida é tatuar!

Татуировки, мотоциклы, граффити, музыка - вот некоторые из моих увлечений и моих основных тем в BlendUp.

Написать комментарий

13 − пять =

ru_RURU