A fama da tatuagem não foi das melhores durante um bom tempo, com elas sendo diretamente associadas à marginalidade: tatuados eram criminosos, prostitutas, principalmente entre a década de 1920 até o fim da Segunda Guerra Mundial. Nessa época a arte mais corriqueira era a que conhecemos como Old School.

Atualmente, com a popularização da tatuagem, os preconceitos relacionados a essa arte vêm diminuindo e pessoas de várias idades e classes sociais adotam um desenho na pele. Uma forma interessante de desmistificar a má fama que envolve a tatuagem é ver pessoas admiradas carregando uma arte no corpo.

Aqui vamos ver o exemplo de quatro pessoas geniais, grandes em suas áreas de atuação, que tornaram seus trabalhos parte da história da humanidade e que têm em comum o fato de possuírem pelo menos uma tatuagem.

O primeiro tatuado genial e também inesperado é Thomas Edison, gênio criativo e pai de muitas das invenções tecnológicas que hoje facilitam nossa vida, como por exemplo, a lâmpada à base de energia elétrica. Entre as criações não muito conhecidas de Edison está a caneta elétrica, criada para facilitar cópias de documentos, e que, mais tarde, aperfeiçoada por Samuel O´Reilly, deu origem à primeira maquina de tatuagem. Você sabia disto?

Não se sabe ao certo se é por isso que o fundador da General Electrics tinha 5 pontos tatuados em seu braço, cujo significado e autoria são desconhecidos. A tatuagem de cinco pontos é conhecida em diversas partes do mundo e possui os significados mais diversos, como símbolo de fertilidade ou de tempo passado na prisão, por exemplo. No caso de Edison, só existem cogitações sobre o desenho em seu braço, entre elas a de que o próprio O´Rilley possa tê-lo feito.

Thomas Edison - Figuras Histórias e tatuagens
Thomas Edison

 

Máquina de tatuagem criada por Thomas Edison
Máquina de tatuagem criada por Thomas Edison

O segundo tatuado é o autor de um dos livros mais vendidos do século XX, o questionador “1984”. George Orwell, escritor de outras obras de renome mundial, teve uma vida conturbada, que foi desde a educação em escolas aristocráticas à mendicância na Inglaterra; da defesa do socialismo à luta contra o autoritarismo do regime comunista. Nesse caminho agitado e cheio de opiniões fortes, nem sempre do agrado de todos, Orwell, segundo conhecidos, adquiriu uma mania de perseguição, o que seria a justificativa para os cinco círculos azuis tatuados nos anéis dos dedos de uma de suas mãos. Segundo a tradição de Myanmar, onde serviu como policial, os símbolos afastariam pretensos inimigos.

 

George Orwell - Figuras Históricas Tatuadas
George Orwell

Ainda no ramo das artes, dessa vez no da sétima arte, o próximo tatuado é considerado um dos grandes atores da história do cinema. Robert de Niro recebeu 2 Oscars por “O Poderoso Chefão 2” e “Touro Indomável” e 4 indicações por “Taxi Driver”, “O Franco Atirador”, “Tempo de Despertar” e “Cabo do Medo”. Nesse último filme, o ator viveu Max Cady, personagem com várias tatuagens em busca de vingança, o que fez com que De Niro precisasse se pintar com tintas vegetais que só saíam meses após o término das gravações. Ao contrário desse personagem, o ator só possui uma arte no corpo: uma pantera negra no ombro direito, que, devido à sua vida extremamente reservada, possui poucos registros.

 

Robert de Niro em Cabo do Medo

Robert de Niro em Cabo do Medo
Robert de Niro em Cabo do Medo

Outra personalidade genial tatuada é a musicista, escritora, poeta e pintora Patti Smith, considerada a mãe do punk rock, uma das grandes figuras da música mundial. A artista possui uma tatuagem em forma de raio feita pela também artista, dançarina e poeta Vali Myers, que, segundo Patti, era uma de suas heroínas da adolescência. A tatuagem foi feita enquanto as duas moravam no Chelsea Hotel, em Nova York, local que já abrigou residentes ilustres como Bob Dylan e Charles Bukowski. A experiência foi descrita em sua biografia “Just kids”, de 2010:

“Eu estava sentada no lobby desenhando versões de raios em meu caderno quando uma mulher singular apareceu. Ela tinha um cabelo vermelho selvagem, uma raposa viva no seu ombro e sua face era coberta por tatuagens delicadas. Eu percebi que, por trás das tatuagens, estava o rosto de Vali, a garota de quem há muito tempo eu tinha um retrato pendurado na parede.

A técnica de Vali era primitiva, consistia em uma agulha de costura grande que ela chupou em sua boca, uma vela e um pote de tinta índigo. Eu tinha resolvido ser estoica, e sentei-me em silêncio enquanto ela gravou o raio em meu joelho.”

 

Patti Smith - Figuras Históricas Tatuadas
Patti Smith

Gênios habilidosos, dedicados,controversos, revolucionários, todos com uma coisa em comum alem do talento: um desenho no corpo, que, nesses casos, não serve para identificar um criminoso ou alguém em que você talvez não deva confiar. Elas são como as tatuagens devem ser: formas de expressão, nesses casos de pessoas com vidas espetaculares e mentes magníficas e criativas.

 

 

Tatuagens, motos, graffiti, música são algumas das minhas paixões e meus principais tópicos no BlendUp.

pt_BRPT_BR
en_USEN es_ESES it_ITIT de_DEDE pl_PLPL pt_BRPT_BR